Vida Saudável

Aeróbico Prejudica Hipertrofia?

É comum a indicação de NÃO fazer treino aeróbico para atingir uma “MÁXIMA HIPERTROFIA”. Porém, estudos recentes mostram que esse paradigma deve ser mudado.

Kazior et al. (2016), dividiram 2 grupos – Grupo de Treinamento de Força (F) e Grupo Aeróbico + Treinamento de Força (A+F) – e avaliaram no final de 7 semanas o tamanho e tipo de fibra muscular, a força (1RM), o VO2 e a sinalização molecular (Akt e mTOR) dos 2 grupos.

As biópsias musculares mostraram que, no final das 7 semanas, o grupo que fez o aeróbico antes do treino resistido aumentou em média 28,3% a área das fibras musculares enquanto que o grupo que só fez o treino de força aumentou 1,2%. Nesse caso, o grupo A+F aumentou tanto as fibras do tipo I quanto do tipo II. Além disso, a expressão da proteína Akt e enzima mTOR ficou aumentada apenas no grupo A+F, visto que no grupo F somente aumentou a mTOR.

A força muscular não apresentou diferença entre os 2 grupos, mas somente o grupo A+F mostrou melhoras no VO2 após as 7 semanas de treinamento.

Quanto mais estudamos percebemos que “verdades absolutas” não existem na nossa área. Por isso continuo acreditando que nossa valorização profissional dependerá de profissionais competentes e atualizados!

Kazior, Z., Willis, S. J., Moberg, M., Apró, W., Calbet, J. A., Holmberg, H. C., & Blomstrand, E. (2016). Endurance Exercise Enhances the Effect of Strength Training on Muscle Fiber Size and Protein Expression of Akt and mTOR. PloS one, 11(2), e0149082.
Por Maria Silvia Scalzo

Clinica Corpore

(14) 98132-5705

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply