Vida Saudável

Que tal melhorar a sua performance nas corridas?

Não é segredo que a técnica de corrida é uma prática fundamental para a performance de um atleta. Mas como trabalhar essa performance?

Bem, primeiramente, ela deve estar diretamente relacionada à eficiência dos movimentos. Então, para que haja uma habilidade no movimento e capacidade de utilização dos músculos, exercícios de flexão e extensão dos joelhos, quadris, tornozelos, braços e ombros são essenciais.
Outros aspectos importantes que influenciam no processo de corrida são os fatores fisiológicos, psicológicos e genéticos. Sabemos que existem aqueles momentos em que, mesmo gostando, não estamos aptos ou preparados (emocionalmente, por exemplo) para encarar uma boa caminhada ou corrida, certo? É tudo questão de tempo e treino… muito treino.
E é exatamente por esse motivo que existem os exercícios educativos que, como o próprio nome já diz, visam educar o corredor para a melhoria das suas habilidades de movimento, mecânica de corrida e consequentemente a sua performance em corridas e caminhadas.
Através do olhar clínico do treinador, é possível detectar falhas de postura, desequilíbrios e vícios que os atletas e corredores acabam desenvolvendo. Por isso, é sempre bom lembrar: para você que tem interesse em corridas, caminhadas ou outros exercícios físicos, o auxílio do profissional da área é imprescindível!
Selecionei alguns exercícios educativos para você aprender e começar a pensar sobre o assunto e a prática de corridas:


Elevação dos joelhos (skipping alto) – Faça 50 metros levantando os joelhos até a altura da cintura, com os braços perpendiculares ao corpo e num ângulo de 90 graus. Os movimentos devem ser ritmados e realizados com muita calma, concentrando-se na execução técnica dos movimentos.

O toque no solo deverá ser executado com a ponta dos pés, os braços devem ser movimentados paralelos ao corpo, em forma de pêndulo (permanecendo num ângulo de 90 graus). Durante a execução do exercício, a cabeça deve permanecer no prolongamento do corpo, o olhar direcionado para a frente, os músculos do rosto e pescoço devem estar descontraídos (assim como todos os membros do corpo).

As mãos devem ficar semi-abertas e relaxadas (como na caminhada).


Elevação dos calcanhares (skipping atrás) – Repita o movimento anterior, mas dessa vez encostando os calcanhares nos glúteos. Neste exercício o corpo deve estar ligeiramente inclinado para a frente para facilitar o movimento técnico e deslocação (lembre-se que são exercícios direcionados para a corrida e não para o futebol, em que a cada elevação dos calcanhares há um toque das mãos atrás). Os braços continuam na posição de semiflexionados num ângulo de 90 graus, e os movimentos paralelos ao corpo (balanço para a frente e para trás).


Skipping baixo – Elevação alternada dos joelhos até a altura dos quadris, correndo no lugar.

O toque do pé no solo deve ocorrer da formar mais rápida possível, atuando sobre a panturrilha e a coxa.
Com certeza essas dicas irão turbinar sua performance nas corridas. Siga corretamente esses treinos e, qualquer dúvida, entre em contato comigo ou consulte o seu próprio educador ou personal trainer.

Até semana que vem!


CREF: 097881-G/SP

Instagram: @coachmariascalzo

Facebook: Maria Silvia Scalzo

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply