Vida Saudável

Vida saudável 

 

Porque sentimos dores de cabeça durante ou após a corrida?
A dor de cabeça durante ou após as corridas pode ocorrer principalmente por três motivos:

1. Dilatação dos vasos sanguíneos da cabeça pelo aumento da demanda cardíaca ocasionada pelo esforço;

2. Hipoglicemia (falta de açúcar no sangue) por falta de alimentação adequada;

3. Desidratação, também ocasionada por ingestão insuficiente de água.

A dor de cabeça ocasionada pelo exercício tem características transitórias e de curta duração. Assim que os fatores causais são resolvidos, a dor cessa.

Quando a causa é por excesso de intensidade nos treinos deve-se fazer um aumento mais lento do volume ou no momento da dor tentar diminuir o ritmo.

Nos casos de hipoglicemia ou desidratação é simples: basta se alimentar ou se hidratar adequadamente.

Importante observar e procurar auxílio médico em dores de cabeça de forte intensidade e/ou de longa duração.

MUSCULAÇÃO E CORRIDA: Razões para correr

Músculos fortes servem como um protetor para o nosso esqueleto. Quando você pratica musculação e corrida você também diminui as chances de desenvolver a osteoporose, já que levantar pesos aumenta a densidade dos ossos.

A musculação trabalha vários grupos musculares e os movimentos de contração muscular também aumentam a flexibilidade. Os resultados de um bom treinamento de musculação aliado à corrida são ossos mais fortes, músculos mais fortes e flexíveis e menos lesões, além de um corpo mais definido.
Recomendo incluir, duas a três sessões de musculação por semana, necessárias para preparar a musculatura para o impacto da corrida. Os músculos das coxas (tanto anteriores quanto posteriores), panturrilhas, glúteos, músculos lombares, das costas e abdômen devem ser os principais focos da atividade.

Quais são os benefícios da corrida?
Reduz a gordura corporal

Melhora a ansiedade e tensão

Melhora da qualidade do sono

Melhora capacidade cardiovascular e pulmonar

Melhora os níveis de colesterol

Melhora a força de membros inferiores

Auxilia na redução da osteoporose

Diminuição da pressão sanguínea

 

Porque sentimos dores na lateral do abdômen e no baço?

O incômodo pode ter muitas causas. As principais são a respiração pela boca e a má oxigenação do sangue.

Outra causa de dor na região abdominal lateral é a falta de oxigênio no diafragma – o principal músculo responsável pela respiração -, causando a chamada isquemia local. Isso acontece, provavelmente, porque você está se exercitando num ritmo mais forte que seu condicionamento aeróbio. Em consequência, sua respiração não consegue suprir a demanda de oxigênio que a musculatura pede. “Sem a condução satisfatória de oxigênio, ocorre a produção de ácido lático no músculo, cujo acúmulo gera a dor”

Uma das funções do baço, órgão localizado na lateral esquerda do abdômen, armazenar o sangue. Durante o exercício, há a redistribuição de sangue para os músculos que estão mais ativos. A demanda inesperada pede um fluxo de sangue muito alto para o calibre dos vasos do baço, cuja distensão pode gerar desconforto.
Aquecer e alongar antes do exercício é como enviar ao corpo um sinal que diz que ele será exercitado. Os músculos, tendões, a circulação e até o sistema nervoso começam a se acelerar para manter o organismo em equilíbrio.

 

Qual é a melhor pisada?

Em minha opinião, a melhor pisada para não sobrecarregar as articulações, como o joelho e tornozelo é aterrissar primeiro a ponta do pé, logo após a parte medial dos pés, a ponta dos pés sempre elevada durante a corrida e os pés alinhados o tempo todo.

 

Corrida intervalada ou contínua para emagrecer?

Galera, podemos bater um papo sobre a vantagem e desvantagem sobre a corrida contínua ou intervalada, porém vou focar no emagrecimento ok? Dentro do objetivo de emagrecimento, já é bem determinado pelos cientistas que existem zonas de esforços pelo qual a participação da gordura como substrato energético é maior que outros substratos á medida que o tempo de exercício vai se estendendo. Esta zona alvo chamoamos de zona lipolítica, ou seja, oxidação das gorduras(lipídios).

Por outro lado, exercício de alta intensidade como é o intervalado, têm uma participação maior de carboidratos e acredite, a mesma participação das gorduras, fazendo o gasto calórico final seja maior e a queima de gorduras seja também igual à zona lipolítica. Resumindo, O gasto calórico final (Kcal) é maior no treinamento mais intenso com uma participação da gordura na mesma quantidade em kcal, dentro do mesmo volume de treino, que uma faixa de zona alvo contínua de menor intensidade.

Vocês devem estar um pouco confusos agora, se por um lado o treinamento aeróbio contínuo lipolítico queima muita gordura durante todo o processo, por outro lado o treinamento aeróbio intervalado pode queimar a mesma quantidade de gordura e com um gasto calórico maior no final, pois os carboidratos foram consumidos.

Para acelerar o processo de perda de gordura, considere em qual estágio de treinamento você está e assim adequar da melhor forma possível para futuramente não adquirir nenhum tipo de lesão e chegar ao objetivo tão sonhado!!!!!

 

Espero ter ajudado Galera!!!! Ótima sexta a todos e um excelente Final de Semana!

 

Por Maria Silvia Scalzo 

Personal Treiner Coach 4.1

Clinica Corpore Bauru

Ligue e marque o seu horário (14) 3227-9204

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply